5 razões para ir para Morretes pela Estrada da Graciosa

Descer para o litoral do Paraná  nos finais de semana é um dos programas favoritos de quem mora na região de Curitiba. Nos dias ensolarados é muito comum encontrar um carro lotado com uma família indo em direção à Morretes para almoçar o famoso barreado. Porém, o passeio pode começar já na estrada, se o caminho escolhido for através da Estrada da Graciosa. A estrada possui uma das maiores concentrações de Mata Atlântica do Paraná, além de todo fator histórico por trás de sua construção. Conheça algumas razões para fazer esse trajeto:

1-       Foi declarada Reserva da Biosfera da Mata Atlântica pela UNESCO

A Reserva  da Biosfera da Mata Atlântica foi a primeira da Rede Mundial de Reservas da Biosfera declarada no Brasil. A área da Estrada da Graciosa é o trecho mais preservado de Mata Atlântica do Brasil, e possui dois parques estaduais: o Parque Estadual da Graciosa e o Parque Estadual Roberto Ribas Lange. Ambos possuem grande diversidade de fauna e flora.

2-      Possui uma das vistas mais bonitas do Paraná

Recanto-Engenheiro-Lacerda_Estrada-da-Graciosa_LitoralPRaVocê
Vista do Recanto Engenheiro Lacerda

Um dos recantos da serra é o Engenheiro Lacerda. Nele encontra-se um mirante no qual é possível observar a serra de um dos pontos mais  altos e parte da baía de Paranaguá. A parada é praticamente obrigatória para aqueles que nunca desceram a serra.

3-      Faz parte da história do Paraná

As obras da estrada se iniciaram logo após a criação da Província do Paraná e por tempos foi a única pavimentada do estado. Durante o século XX, o roteiro era importante rota de escoamento da produção agrícola de produtos bastante importantes para o estado como a erva-mate e a madeira. Além disso, no passado, o caminho já foi rota dos tropeiros.

4-      É possível tomar um banho de rio durante o trajeto

Em um dos recantos da estrada é localizado o Parque Mãe Catira. O local possui estrutura para acampamento, o morro que leva o nome do parque e um rio. Apesar da água gelada, o rio é um dos principais pontos de parada dos turistas para tomar um banho na Estrada da Graciosa.

5-      Comer produtos da região

Durante todo o percurso é possível encontrar quiosques, geralmente localizados nos recantos. Eles possuem desde produtos tradicionais como refrigerante e pastel, até produtos bastante típicos da região como a bala de banana.

Deu para perceber que o trajeto vale bastante a pena né?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s