Um pé nos parques nacionais do litoral paranaense

Quatro parques nacionais em uma só região, em um só estado, e o melhor ainda: em um só litoral. O litoral do Paraná conta com quatro unidades de conservação que possuem ecossistemas de extrema relevância e uma beleza surreal. Estes parques, apesar de serem áreas protegidas, são liberados para pesquisas científicas e, para nossa felicidade, alguns também abrem espaço para ecoturismo, atividades de educação ambiental e, também, recreação em conjunto com os ambientes mais lindos do nosso país.

Confira os quatro parque nacionais que você encontra no litoral:

superagui
Foto por Priscila Forone
  1. Parque Nacional de Superagui

Com um nome de origem tupi-guarani de significado “Rainha dos Peixes”, o parque Superagui se localiza no município de Guaraqueçaba e pode ser acessado, depois da chegada na cidade, somente por via de embarcações. A história de Superagui conta com episódios riquíssimos culturalmente, que envolvem tanto os índios Tupiniquins e Carijós como também, mais tarde, colônias de pescadores. Apesar de não permitir visitação pública, é possível visitar as praias no entorno do Parque, que ainda fazem parte do local. Entre elas, uma das mais apreciadas é a Praia Deserta, que apresenta 38km de praias virgens para os visitantes aproveitarem o quanto puderem. O cenário é diverso e rico em belezas: manguezais, Floresta Atlântica, águas de estuário e Oceano Atlântico são algumas das paisagens mais lindas que você pode encontrar por lá. Se você já se apaixonou, entre em contato com o Parque pelo telefone (41) 3482-7146 para mais informações.

saint-hilaire
Foto por Priscila Forone
  1. Parque Nacional Saint-Hilaire/Lange

Localizado no sul da Serra do Mar paranaense, na divisa com a baía de Guaratuba, o Parque Saint-Hilaire/Lange foi a primeira Unidade de Conservação (UC) a ser criada por lei. O parque protege uma das áreas mais conservadas da Mata Atlântica e traz para os visitantes inúmeros riachos e vegetações belíssimas para exploração. Além disso, também pode ser apreciado o relevo da Serra da Prata, e é possível, inclusive, uma caminhada até o cume do local. A observação de aves e cachoeiras, e ainda, a possibilidade de trilhas com diferentes níveis de dificuldade completam um dia perfeito para os fãs de natureza e apaixonados pela história do estado do Paraná. Gostou? Entre em contato com o parque pelo telefone (41) 3452-6340. Você encontra o parque na Rua das Palmeiras, nº 170, em Caiobá – Matinhos.

guaricana
Foto por Priscila Forone
  1. Parque Nacional Guaricana

A apenas 30km de Curitiba, o Parque Nacional Guaricana pode ser acessado via BR-277, em Morretes. Por ser novo – foi decretado Unidade de Conservação no final de 2014 –, o local, atualmente, ainda é desconhecido em relação aos outros parques nacionais paranaenses. Ainda assim, seus cenários expressam uma grandeza sem igual: a biodiversidade lá presente é um dos pontos mais impressionantes e apreciados pelos visitantes, justamente por ser um local que se encontra no maior fragmento contínuo de área preservada da Mata Atlântica. Tornando o parque ainda mais único, foram relatadas diversas espécies endêmicas e, também, espécies já ameaçadas, devido à destruição da mata ao longo do tempo. Ainda vale destacar que o parque conta com mais de 155 espécies de flora em sua região interior, constando como uma das áreas alto-montanas mais ricas do Paraná. O local já é aberto para visitação, e, inclusive, já é palco para atividades de trekking pelos seus rios. Vale a visita, né? Entre em contato com o parque pelo número (48) 3282-2163.

Currais.jpg
Foto por ACWB
  1. Parque Nacional Marinho das Ilhas dos Currais

Também recente, as Ilhas dos Currais se tornaram unidade de conservação no ano de 2013 e configuram, agora, como o primeiro parque marinho do estado do Paraná – além de ser o terceiro do Brasil. As três ilhas são localizadas em frente à costa e visíveis na maior parte dos balneários e não possuem praias, apenas um entorno formado por quatro recifes. A primeira ilha é uma grande formação com vegetação no cume; a segunda, menor e rochosa; e a terceira, apenas um pico de pedra. E o cenário, além de deslumbrante, é palco de um dos únicos pontos de mergulho do Paraná e um dos principais pontos onde as aves criam ninhos no Brasil e no Atlântico Sul. Aliás, o local abriga mais de 8 mil aves, batendo o número de nascimento de 5 mil atobás nas ilhas. Imperdível! Entre em contato com o parque pelo número (48) 3282-2617 para mais informações de visitação.

Agora, que tal marcar uma aventura dessas com seus amigos e aproveitar todas as belezas que o nosso estado oferece? ❤

Veja aqui mais 7 opções de trilhas para se aventurar no litoral do Paraná.

Um comentário sobre “Um pé nos parques nacionais do litoral paranaense

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s